Reprodução/Instagram

Imersão em gelo – Por que tantos famosos estão aderindo à prática?

Nos últimos meses, entrar em uma banheira de gelo se tornou um hábito comum entre atletas e famosos de todo o mundo. A imersão em gelo é uma prática antiga, mas porque ganhou tanto destaque agora?

Para entendermos melhor o fenômeno da banheira de gelo, vamos falar um pouco sobre:

  • Como a prática surgiu
  • Quais os principais benefícios
  • Quem está aderindo
  • Como fazer a sua própria imersão

Como a imersão em gelo surgiu?

Considerado o pai da medicina, Hipócrates, médico grego que viveu há milhares de anos, documentou os primeiros usos da imersão em água gelada para fins medicinais e alívio de dores. Já em 1960, o foco se tornou a recuperação muscular após exercícios. 

Se antigamente os atletas apenas colocavam gelo por cima dos músculos que precisam de recuperação, hoje nós temos a imersão, que além da recuperação muscular, oferece diversos benefícios para a saúde. 

Quais os principais benefícios da imersão em gelo?

Se você acha que quem entra em uma banheira de gelo ficou maluco, talvez esses estudos te faça mudar de ideia: 

  • Melhora significativa do humor(1) Yankouskaya, A.; Williamson, R.; Stacey, C.; Totman, J.J.; Massey, H. Short-Term Head-Out Whole-Body Cold-Water Immersion Facilitates Positive Affect and Increases Interaction between Large-Scale Brain Networks. Biology 2023
  • Aumento da atenção e motivação (2) Šrámek, P., Šimečková, M., Janský, L. et al. Human physiological responses to immersion into water of different temperatures. Eur J Appl Physiol 81, 436–442 (2000)
  • Recuperação muscular acelerada(3) Moore, E., Fuller, J.T., Buckley, J.D. et al. Impact of Cold-Water Immersion Compared with Passive Recovery Following a Single Bout of Strenuous Exercise on Athletic Performance in Physically Active Participants: A Systematic Review with Meta-analysis and Meta-regression. Sports Med 52, 1667–1688 (2022)
  • Redução de dor, estresse e ansiedade (4) Kurniasari MD, Monsen KA, Weng SF, Yang CY, Tsai HT. Cold Water Immersion Directly and Mediated by Alleviated Pain to Promote Quality of Life in Indonesian with Gout Arthritis: A Community-based Randomized Controlled Trial. Biological Research For Nursing. 2022
  • Aceleração do metabolismo (termorregulação)(5) Søberg S, Löfgren J, Philipsen FE, Jensen M, Hansen AE, Ahrens E, Nystrup KB, Nielsen RD, Sølling C, Wedell-Neergaard AS, Berntsen M, Loft A, Kjær A, Gerhart-Hines Z, Johannesen HH, Pedersen BK, Karstoft K, Scheele C. Altered brown fat thermoregulation and enhanced cold-induced thermogenesis in young, healthy, winter-swimming men. Cell Rep Med. 2021

Todos esses benefícios, baseados em dados científicos, tornam a prática mais atrativa para aqueles que buscam um estilo de vida mais saudável e ativo.

Quem está aderindo à imersão no gelo?

Nos últimos meses a prática se popularizou entre atletas amadores, profissionais e algumas celebridades. 

Entre eles, temos: Cauã Reymond, Matuê, Jason Momoa, Lady Gaga, Gabriela Pugliesi, Felipe Titto e Cristiano Ronaldo.

Foto: Reprodução/YouTube
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Como fazer a sua própria imersão

Se esse artigo te convenceu a entrar na banheira de gelo, agora nós vamos te mostrar como fazer isso. 

O primeiro passo é ter sua própria Banheira de Gelo NeuroFood, a primeira banheira para imersão em gelo portátil do Brasil. 

Depois, é só adicionar a água e o gelo, esperar atingir a temperatura desejada e entrar! Estudos mostram que a maioria dos benefícios começam à 14ºC e a temperatura ideal entre 3 e 8ºC.

Se você está começando agora, você pode começar com uma sessão de 2 minutos. Quanto mais fria a água, menos tempo é necessário. 

De acordo com Søberg et al. 2021 (5), se você fizer a imersão em um total de 11 minutos por semana, espalhados em 3 sessões, já é o suficiente para perceber os benefícios metabólicos. 

Vale também algumas orientações de segurança: 

  • Comece aos poucos. 
  • Nas primeiras sessões não exceda 5 minutos de exposição. 
  • Se sentir tremores, fraqueza, tontura ou dores, saia da exposição e se aqueça. 
  • A qualquer sinal de hipotermia leve, saia da banheira e se aqueça. 
  • De preferência faça a imersão acompanhado ou supervisionado

Compartilhe esse artigo com aquele seu amigo que vai aceitar o desafio de entrar na banheira de gelo!

Categorizado em: